Notre regard sur ...

Lisboa é a 6.ª melhor cidade para startups na Europa

A mais recente edição do estudo da Startup Heatmap Europe mostra que Lisboa é a sexta melhor cidade para fundar uma startup no continente europeu: 10% dos fundadores inquiridos aponta para a capital portuguesa, que surge como um dos principais hubs de empreendedorismo do Velho Continente.


O ranking é liderado por Berlim (39%), seguida por Londres (36%), Amesterdão (17%) e Barcelona (17%) – as duas últimas partilham o terceiro lugar do pódio. A quinta posição cabe a Munique (10%). Já depois de Lisboa, a completar o top 10, surgem Paris (10%), Zurique (9%), Tallinn (9%) e Estocolmo (6%).

Segundo a Startup Heatmap Europe, o top 10 tem-se mantido relativamente estável ao longo dos anos, mas o Brexit parece ter abalado as águas. Este ano, 15 posições do top 20 foram alteradas, embora Londres permaneça no topo.

Verifica-se também uma tendência de diversificação, sendo cada vez mais difícil que uma só cidade reúna a preferência de uma percentagem significativa de fundadores inquiridos. Paris, por exemplo, passou de 19% do total dos votos em 2017 para apenas 10% em 2020.

No geral, o ranking deixou de concentrar a maior fatia de interesse em apenas duas ou três cidades, como acontecia em 2016, para passar a abranger cinco a 10 destinos europeus. “Hoje, existem sete hubs que alcançam mais de 10% dos fundadores – um novo recorde”, segunda aponta a plataforma responsável pela análise.


Fonte:

Filipa Almeida, Executive Digest

PortugalNews - Aicep Portugal Global

Partager cette page Partager sur FacebookPartager sur TwitterPartager sur Linkedin