Focus RH

Serviços partilhados: Empresas continuam a escolher Portugal. E são estes os perfis mais procurados

De acordo com o Guia do Mercado Laboral 2021 da Hays, o mercado de Business Services Centers tem atravessado um bom momento, com empresas dos mais variados sectores a eleger Portugal como destino de eleição para a criação deste tipo de estruturas.


«O facto de se verificarem tantos casos de sucesso em Business Services Centers já instalados em território nacional, sendo que muitos são tidos como referência a nível europeu, tem-se relevado um factor de atracção de investimento estrangeiro nesta área», destaca a Hays. «Nem mesmo a pandemia e o seu impacto no eventual adiamento de alguns projectos foram suficientes para afastar o contínuo interesse de empresas internacionais no país, que encaram a instabilidade actual como uma situação temporária e que pouco impactará nos seus planos a longo prazo.»

Entre os perfis mais procurados para estes cetros, destacam-se os de Record to Report specialist, Purchase to Pay specliast, Order to Cash specialist, controller, Transition specialist e master Data specialist.

Pela natureza deste tipo de estruturas de suporte, a fluência em diferentes idiomas apresenta-se como fundamental, sendo que os mais valorizados são o Inglês, Francês, Espanhol, Alemão e Italiano. Verifica-se também bastante procura por profissionais com fluência em Holandês e em línguas nórdicas como o Norueguês, Finlandês, Sueco, entre outras, ainda que estas sejam mais difíceis de identificar no mercado Português.

O Guia do Mercado Laboral 2021 revela ainda que 79% dos profissionais que trabalham nestas estruturas pretendem mudar de emprego em 2021 e 28% foram aumentados e 6% foram promovidos em 2020.

Já 42% recusaram ofertas de emprego em 2020. Estes profissionais valorizam sobretudo a oferta salarial (95%), um bom ambiente de trabalho (82%) e um plano de carreira (80%).

Seguro de saúde, possibilidade de trabalhar a partir de casa e flexibilidade de horários são os benefícios mais valorizados por estes profissionais.

«O mercado dos Business Services Centers atravessa um período positivo e as perspetivas mantêm-se nesse sentido. São já várias as empresas que consideram a centralização em Portugal de diversas áreas como uma aposta ganha e que, nesse sentido, equacionam a transferência de novas áreas e o crescimento das respetivas estruturas», afirma Mário Rocha, Senior manager na Hays Portugal

Esta edição do Guia do Mercado Laboral tem como base inquéritos efetuados junto de cerca de 2752 profissionais qualificados de todos os setores e 612 empregadores a atuar em Portugal, além de milhares de entrevistas e reuniões realizadas pela Hays ao longo do ano, junto de candidatos e empresas em todo o país. Aborda as políticas retributivas e as médias salariais das mais variadas funções e áreas, as motivações dos profissionais portugueses, as preferências de quem está a contratar e as profissões mais recrutadas em todos os sectores.


Fonte: Margarida Lopes, Human Resources

PortugalNews - AICEP Portugal Global

2021-02-11 

 

Partager cette page Partager sur FacebookPartager sur TwitterPartager sur Linkedin